Cristo Redentor recebe iluminação especial em homenagem aos garis

    Na terça-feira, 16 de maio, às 19h, o Monumento ao Cristo Redentor recebeu iluminação especial na cor laranja, em homenagem ao Dia do Gari. A iluminação do Monumento foi uma forma de homenagear os cerca de 20 mil garis da cidade do Rio de Janeiro, que trabalham usando uniforme dessa cor, que, com o passar do tempo, se tornou marca registrada desses trabalhadores em todo o município do Rio de Janeiro.
    A classe profissional dos coletores de lixo presta serviço de grande relevância e importância para o Rio de Janeiro, uma vez que a limpeza e conservação é, sem dúvida nenhuma, o melhor cartão de visitas de toda cidade.
    — Homenagear esses profissionais que, mais do que cuidar da Cidade, cuidam da nossa saúde, ao serem zelosos no desempenho de suas funções, é uma alegria, destaca o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo.


 A profissão

*A profissão de gari surgiu no tempo do Império, na cidade do Rio de Janeiro, quando o empresário chamado Aleixo Gary assinou contrato com o governo para organizar o serviço de limpeza das ruas e praias da cidade. Dessa forma, o coletor de lixo passou a ser também conhecido como gari. Apesar de a profissão ser árdua e da jornada de trabalho ser sacrificante, os coletores trabalham todos os dias com seriedade e dedicação para manter limpas as ruas do município.
(* http://garisdomorro.blogspot.com.br)