Dois pontos turísticos num só lugar: o centro do Rio de Janeiro

* Por Aline Soares   

    No sábado, 5 de agosto, às 12h, a réplica do Cristo Redentor deu continuidade à sua caminhada pela Cidade Maravilhosa e chegou ao Centro do Rio. Seu novo endereço é agora a Praça Félix, em frente à Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro. Dois pontos turísticos estão juntos, pela primeira vez.

    Logo no primeiro dia, a presença da réplica causou comoção. Entre os inúmeros turistas de todas as partes do mundo que se aproximavam do Redentor para tirar uma foto, estava Vera. A moradora do centro da cidade contou que visita com frequência a Catedral e ficou emocionada ao ver o que estava ali, naquele dia. Ela se aproximou da imagem, fez o sinal da cruz e rezou:

    – Cristo, branquinho, preciso encostar nele. Por que demoraram tanto a fazer isto (se referindo a levar a réplica até o centro da Cidade)? A gente está precisando tanto, disse.

    No domingo, 6 de agosto, após celebrar a missa, o pároco da Catedral Metropolitana, Cláudio dos Santos, convidou os presentes a realizarem um momento de oração em frete à réplica.

 Na terça-feira, 8 de agosto, foi a vez do coral “Uma Só Voz”, formado por moradores de rua, se apresentar sob os braços abertos da imagem. A canção escolhida – "Semente do Amanhã (Nunca Pare de Sonhar)", de Gonzaguinha – trouxe alegria e esperança, pela regência do maestro Ricardo Branco Vasconcellos. 

    – Não é permitido a nenhum membro se apresentar tendo consumido algum tipo de bebida alcoólica ou drogas no dia. Aquele que desobedecer é retirado do grupo. Isso é muito bacana, porque um motiva o outro a se manter firme, explicou a assistente social e secretária do Vicariato para Caridade Social, Tânia Nascimento, que contou que os integrantes fazem um combinado entre eles para estabelecerem as regras de funcionamento do coral.

    A praça é o quinto local visitado pela imagem, durante a peregrinação que tem o objetivo de promover uma corrente do bem e suscitar um movimento inspirador da paz por todo o Rio de Janeiro. 

    O Redentor irá permanecer no centro da cidade até o dia 1º de setembro, quando seguirá rumo ao sexto destino de sua peregrinação: a Praça da estação Estácio do Metrô.

  A iniciativa de tornar a réplica do Cristo Redentor itinerante, que tem o apoio da Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação e da Secretaria de Estado de Cultura, também impulsiona a campanha “Amigos do Cristo” — lançada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, no ano passado, visando a manutenção do Monumento e do trabalho sociocultural desenvolvido pelo Santuário Cristo Redentor. 


Sobre a réplica

Confeccionado pelo artista Odilon Lima, levou cerca de um mês e meio para ficar pronta. Tem 3,8 metros de altura (dez vezes menor que o Monumento), e respeita todos os detalhes da imagem do alto do Corcovado. Foi esculpida em isopor, empastelado e produzido por uma fibra especial e por estrutura de aço, para resistir às intempéries climáticas.

WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.49
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.50 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.50
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.51 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.51
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.52 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.54 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.53
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.52
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.53 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.55 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.56
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.55
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.54
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.57 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.57
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.58 (1)
WhatsApp Image 2017 08 08 At 16.19.58

*Fotos: Aline Soares e Silvia Gonzaga