Casamento comunitário no Cristo Redentor

Na noite da última quinta-feira, 5 de junho, houve a celebração do primeiro casamento comunitário no Santuário do Cristo Redentor. Sob a organização da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Cerro Corá, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que comemora seu primeiro aniversário , 10 casais foram unidos pelos laços do matrimônio, no alto do Corcovado.

Dentre os casais que tiveram a cerimônia religiosa, presidida pelo reitor do Santuário do Cristo Redentor, Padre Omar Raposo, quatro são policiais militares e os outros seis são membros das Comunidades Cerro Corá, Guararapes e Vila Cândido. Na ocasião, também aconteceram duas uniões apenas no civil, aos pés do Monumento.

"...além de ser um momento histórico para o Santuário, proporcionou ao Cristo Redentor o anúncio ao mundo sobre a importância do amor..."
As noivas, que ganharam os vestidos, foram maquiadas e tiveram seus penteados feitos por ex-alunas dos cursos de técnicas básicas de cabeleireiro e de maquiagem do Senac nas UPPs — programa de capacitação profissional em comunidades pacificadas, realizado em parceria com o governo do Estado. Já os noivos vestiram meio-fraques, também cedidos.

O símbolo do compromisso assumido, as alianças, assim como todo o registro da cerimônia, em fotos e vídeo, foram presentes da UPP Cerro Corá aos casais.

Prontas para um dos momentos mais importantes de suas vidas, as futuras esposas desfrutaram do romantismo de chegar ao Cristo Redentor pelo Trem do Corcovado, após contemplarem a beleza da natureza no Parque Nacional da Tijuca, durante a subida ao Monumento.

“Ter a oportunidade de celebrar o primeiro casamento comunitário no Corcovado foi uma grande alegria, porque, além de ser um momento histórico para o Santuário, proporcionou ao Cristo Redentor o anúncio ao mundo sobre a importância do amor e da existência das famílias para uma sociedade mais fraterna. Notar a integração da Polícia Militar com a comunidade, ao ponto de proporcionar uma celebração com tantos detalhes lindos, também nos encheu de esperança de que possamos ter um futuro melhor”, afirmou Padre Omar.

Créditos: ArqRio

 Dsc7349 14174115419 O
A unio pela paz no cerro cor 14173938858 O
A unio pela paz no cerro cor 14174033250 O
A unio pela paz no cerro cor 14174078260 O
A unio pela paz no cerro cor 14174091179 O
A unio pela paz no cerro cor 14174155570 O
A unio pela paz no cerro cor 14174169827 O
A unio pela paz no cerro cor 14357255611 O
A unio pela paz no cerro cor 14359036932 O
A unio pela paz no cerro cor 14360560675 O
A unio pela paz no cerro cor 14380933693 O

Fotos: Unidade de Polícia Pacificadora do Rio de Janeiro